sexta-feira, 5 de junho de 2009

Um pouco de tudo é quase nada (porque eu gostei de fazer isso)

O tempo dos paninhos 

Eu tinha uma conhecida que, há 20 anos, usava paninhos e já era uma coisa megaultrapassada. Ciência e tecnologia estão aí, a serviço da vida moderna... E vida moderna é tudo: basta lembrar que na revolução industrial a jornada de trabalho era de 14 a 16 horas diárias. 

Viva a modernidade! 

 ___________________________________________ 

ÓÓÓÓÓÓII !!!... 

Eu ensinei a Luciana a botar vídeos do youtube no blog... 
Droga!

___________________________________________

Eu não sei o que é Chabal. Nem Strufts. "E aposto que nem vocês."

2 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Você é uma pessoa injusta, já que não permite que os outros percebam a genialidade da tirada final. Recomendo aos incautos o livro "O Brasil das Placas". Dito isso, me calo.

Contra a Maré disse...

kkkkkkkkkk