segunda-feira, 22 de junho de 2009

Nós, a metropolitana, não devíamos ter piedade


A noite cai em Mossoró e nós, a metropolitana, esperamos que a quentura diminua uma coisinha. Nosso irmão, cunhada e marido vieram para o final de semana. Na programação: o São João da ADUFERSA, na sexta-feira e o espetáculo “Chuva de bala no país de Mossoró”, no sábado. Tudo isso entremeado por idas à Cidadela, para curtir a barraca da Dona Dega.

A festa junina
É estranho viver o São João longe de casa. Fortaleza não é, nem de longe, o melhor São João do Brasil, mas nós somos acostumadas ao nosso jeito metropolitano de ser... Em nosso passado há muitos arraiás: barracas abarrotadas de vatapá, paçoca, baião de dois, bolos variados: milho, batata, pé-de-moleque; a quadrilha, improvisada ou ensaiada, sempre tinha trancilim, gancho, cinturinha,arara e papagaio... Faz tempo que não festejávamos, mas estava tudo aqui, fresquinho na nossa cachola.

Pusemos nosso chapéu. Fazemos inspeção de rotina em nossa indumentária. Chegamos.

O salão não está cheio. Os amigos vão chegando, aos poucos. O clima, estranhamente, está agradável. A coca-cola é a mesma, o mesmo não se pode dizer da comida. Paçoca? Aquilo não é paçoca, é farofa. Onde estão o baião e o vatapá? Nós estranhamos o fato de que a comida típica não é nada típica. Na hora da quadrilha, nosso marido fez corpo mole. Faltou um casal e nós conseguimos convencê-lo a ir. O puxador, cabelos e óculos à la Lennon, exclama: "oh yeah!" entre um passo e outro. Os passos da quadrilha não são os mesmos. Os que são iguais, têm nomes diferentes. Cestinha de flores? Que coisa triste!

Uma gota de suor cai sobre o chão poeirento. É nossa. Levamos a mão à saia. Mas não saímos. É o puxador que solta mais um "oh, yeah!" Nossos pés teimam em não querer parar. Exausta, tombamos.

Sorrimos para John Lennon, o puxador.

Nós, a metropolitana, não devíamos ter piedade.

3 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Magoei...eu já tinha dito que ia usar essa frase! Mas ainda assim, me dobrei de rir...

Liana disse...

Não mesmo... sério?? Não, não... eu teria me lembrado.


Sério?



Você levou meu carregador???

Contra a Maré disse...

kkkkkkkkkkk